Publicado por: Lucival França | junho 18, 2008

Postos de saúde de Salvador sem médicos e sem remédios

O presidente do Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia (Sindmed), José Caires, alertou que a rede básica de saúde do município está funcionando precariamente e que muitos postos estão desativados. “Faltam médicos, remédios e insumos, além da precariedade nas instalações e dos equipamentos, e até a falta de materiais de limpeza das unidades”, criticou. Como exemplo do colapso, Caires citou os postos de saúde Roberto Argolo, em Tancredo Neves, e o Adroaldo Albergaria, em Periperi.

Em meio a tudo isso, a Câmara dos Deputados aprovou no último dia 11 a recriação da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira), que agora tem o nome de CSS (Contribuição Social para a Saúde), com 259 votos favoráveis, 159 contrários e duas abstenções. Foram só dois votos a mais do que os 257 necessários para aprovar a proposta. O esforço é para arrecadar recursos para a saúde no país.

Por fim, ontem (17) o telejornal da Globo exibiu matéria sobre roubos de medicamentos em hospitais no Rio de Janeiro. Medicamentos como Interfron, usado no tratamento de câncer e Imunoglobulina, composto do coquetel anti-Aids, que inclusive, é oferecido gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS), foram alvo de uma quadrilha que saqueou todo o depósito de um hospital no Rio de Janeiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: