Publicado por: Lucival França | junho 24, 2008

Exército deixa Morro da Providência, diz Jobim

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, disse hoje, 24, que as tropas do Exército já deixaram o Morro da Providência, no centro do Rio de Janeiro. O Exército só voltará ao local depois que as obras do Projeto Cimento Social forem liberadas pela Justiça Eleitoral. Jobim esteve reunido durante todo o dia no Palácio Duque de Caxias, sede do Comando Militar do Leste, para definir alternativas para o trabalho dos militares.

Campanha antes da hora – Hoje, a Justiça Eleitoral considerou que a obra tem cunho eleitoral e beneficia o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), autor do projeto, que é pré-candidato à prefeitura do Rio. Na decisão, o juiz Fábio Uchôa, responsável pela fiscalização da propaganda eleitoral, faz referência a panfletos distribuídos por militantes do senador com fotos dele sobrepostas às imagens das obras na favela. Também foram consideradas evidências do uso eleitoral páginas de Crivella na internet fazendo referência ao projeto Cimento Social.

O projeto tornou-se centro das atenções depois que três jovens da Providência foram entregues por 11 militares a traficantes do Morro da Mineira, dominada por uma quadrilha rival à da Providência. Eles foram torturados e mortos e os corpos encontrados num lixão. Os militares estão presos e foram indiciados por homicídio triplamente qualificado. 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: