Publicado por: Lucival França | julho 4, 2008

Tenente chora ao depor na Justiça Federal

O tenente do Exército, Vinícius Ghidetti de Moraes Andrade, acusado de comandar o grupo de militares que entregou três jovens do Morro da Providência a traficantes da Mineira no Rio de Janeiro no mês passado, disse que estava sofrendo pressão e, por isso, resolveu dar um “susto” nos rapazes. Ele depôs ontem, quinta-feira, 04, na Justiça Federal, no inquérito que investiga a participação dos militares no episódio. Ao ser questionado pelo juiz que o perguntou se bandido respeita polícia, o tentente chorou copiosamente. Um choro que de longe, nem se compara ao lamento de dor das mães dos rapazes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: